Facebook

Qual é a importância de identificar o padrão de erros dos processos?

Para garantir resultados positivos, a indústria precisa impedir ao máximo que problemas ocorram durante os processos. A questão é que, para evitar esses sinistros, o gestor precisa analisar quais foram as causas que fizeram o problema aparecer.

Normalmente, quando uma pessoa se depara com um erro, ela direciona os esforços mais no problema do que necessariamente na solução. E qual acaba sendo o resultado disso? O erro volta a se repetir futuramente, inúmeras vezes.

Quer assegurar maior satisfação do cliente, mas não sabe como fazer isso? Veja, neste post, qual é a importância de identificar o padrão dos problemas nos processos e como esse diagnóstico pode fazer diferença na hora de formular as estratégias.

Confira!

Foco na causa, não no problema




Para ajudá-lo a entender qual é a diferença de focar na causa ao invés do problema, existe uma história interessante que pode servir de exemplo. Veja só!

Durante a Segunda Guerra Mundial, existiu um pesquisador chamado Abraham Wald que tinha como tarefa estudar as áreas mais frágeis dos aviões de combate. 

O propósito com esse estudo era encontrar uma solução capaz de reduzir as baixas de soldados e aeronaves norte-americanas aplicando fuselagem extra para proteger os aviões.

Enquanto examinava as aeronaves que retornavam à base, e depois de estudar a localização dos buracos, Abraham descobriu algo muitíssimo interessante: as áreas atingidas nas aeronaves obedeciam a um padrão.

Isto é, os furos se localizavam numa região específica que pouco mudava de um avião para outro. A descoberta fez Abraham ficar extasiado. Afinal, a existência de um padrão contribuiria para uma tomada de decisão rápida.

E sem pensar duas vezes, usou dessa informação para criar uma estratégia que pudesse ajudá-lo a cumprir o seu propósito.

No dia da reunião com seus supervisores, Abraham sugeriu que fosse aplicado fuselagem extra em diversas áreas das aeronaves, exceto nas que eram atingidas com frequência.

Todos olharam incrédulos para o pesquisador, afinal esperavam ouvir dele uma sugestão exatamente contrária. Ou seja, que recomendasse a blindagem extra nas áreas que eram mais atingidas.

O que fez Abraham pensar nessa “loucura”, afinal? 

Pois bem, Abraham explicou que os aviões não estavam sendo derrubados por causa das avarias comuns. Isso porque as aeronaves que eram atingidos quase sempre no mesmo lugar conseguiam voltar sãs e salvas para a base.

O que causava as baixas, na verdade, eram os buracos de bala localizadas nas regiões distintas dos aviões que retornavam.

Surpreendente, não é?

Abraham descobriu a existência de um padrão e, por causa disso, conseguiu criar uma ação estratégica para reduzir as baixas de soldados e aeronaves norte-americanas. Tudo porque manteve o foco na causa e não necessariamente no problema.

Percepção no padrão dos problemas




Assim como Abraham Wald, o gestor de uma indústria também precisa manter o foco na causa para encontrar um padrão.

Para isso, precisa analisar com cuidado quais são os erros nos processos e a partir daí criar uma estratégia para impedir a repetição de sinistros.

Muitos profissionais ainda mantém o foco no problema e não possuem um mindset voltado para a solução. E muitas vezes essa pode ser a causa do erro voltar a se repetir e a empresa ser prejudicada por ele.  

A importância de analisar os erros



Quando o gestor analisa com cuidado os erros, ele consegue identificar com mais facilidade qual é a raiz do problema. A partir daí, consegue criar ações estratégicas mais eficazes para impedir que as falhas voltem a se repetir no futuro.

Uma vez que consegue impedir falhas nos processos, a indústria passa a realizar as atividades com muito mais segurança e eficiência. Não só isso, consegue aumentar a qualidade dos produtos e, consequentemente, melhorar a satisfação dos clientes.

Hoje, as pessoas estão mais exigentes e o mercado está cada vez mais competitivo. Logo, voltar o mindset para a solução e identificar a causa do problema para impedir a sequência de falhas, pode ser a estratégica que vai determinar o sucesso e a permanência do seu negócio.   

Mais do que solucionar problemas é a possibilidade de implementar melhorias


Além de impedir a repetição das falhas, o gestor com a mentalidade voltada para a solução também consegue a oportunidade de criar melhoria nos seus processos.
Ao fazer a análise de erros, pode verificar quais são os procedimentos mais demorados e o que é necessário fazer para otimizar a produção.

Se ver que a peça de uma máquina está desgastada, por exemplo, pode solicitar a troca o quanto antes para impedir a paralisação da fábrica. Ou, se perceber que a empresa está perdendo prazos de entrega e as atividades estão desalinhadas, investir em um software de gestão para ajudar no controle das tarefas.      
 
Viu só como manter o mindset voltado para a solução é importante? A empresa que foca na causa e não no problema consegue gerar mais resultados positivos nos seus processos. Não só isso, consegue achar soluções mais rápidas para enfrentar as adversidades e melhorar a satisfação dos clientes.
 
Gostou do tema? Então continue lendo o nosso  blog para se manter atualizado!

27 de Julho de 2020

Tags:

processos gestão da qualidade