Facebook

Balanced Scorecard: você sabe quais são as variáveis do BSC?

Até algum tempo atrás as organizações mediam o seu desempenho e traçavam suas estratégias se baseando apenas em indicativos financeiros e índices de mercado. No ínicio da década de 90, os professores Robert Kaplan e David P. Norton, estudiosos da Universidade de Harvard, elaboraram um modelo de gestão estratégica que praticamente iria abolir o uso das métricas tradicionais.

O BSC, também conhecido como Balanced Scorecard, mostrou que as empresas podem realizar a medição dos seus resultados e elaborar planejamentos mais abrangentes, caso compreendessem 4 variáveis importantes: 

Perspectiva Financeira;
Perspectiva do Mercado;
Perspectiva de Processos Internos;
Perspectiva de Aprendizado.

Sabe o que cada uma das variáveis acima pode influenciar na formulação de estratégias? Veja, neste post, 4 perguntas que vão ajudá-lo a entender melhor as perspectivas do BSC e o que pode se esperar de cada um desses processos.

As 4 perspectivas do Balanced Scorecard


Para cada uma das variáveis do Balanced Scorecard, existe uma pergunta que precisa ser esclarecida. Por meio dessas respostas é que as organizações conseguem descobrir e analisar, com maior segurança, quais são os objetivos ideais para os empresários. 

As perspectivas oferecem a chance das empresas tomarem ações estratégicas mais assertivas, como também melhorar seus processos e diminuir o retrabalho. Isso porque os profissionais sabem exatamente o que precisa ser feito e o que trará bons resultados.   
 

1- Financeira


Aqui, o primeiro questionamento que precisa ser feito é: Para que os nossos líderes fiquem realmente satisfeitos, quais são os objetivos financeiros que precisamos alcançar?

Os profissionais de gestão precisam estar focados em desempenhar ações mais estratégicas do que só administrar recursos. Como a proposta é agradar a direção, o importante é esclarecer as metas da empresa e saber quais são as quantias desejadas para o curto, médio e longo prazo. 

De uma maneira mais compreensível, é mensurar a quantidade de dinheiro que a liderança da empresa deseja obter com as estratégias.

Por exemplo:

Economizar e diminuir as despesas operacionais em até 15%;

Superar os resultados. Então, caso tenham tido lucro de R$ 10 milhões em 2018, o que precisa ser feito para que eles superem esse valor, chegando a R$ 12 milhões em 2019?

Melhorar a saída de seus produtos. Logo, quais abordagens podem ser utilizadas pelo time comercial para que os vendedores aumentem as vendas em 40%?

O objetivo é encontrar soluções mais assertivas para minimizar os custos e com isso garantir ganhos mais expressivos. 

2- Mercado


Depois que esclarecida a etapa anterior, questione-se: Quais as necessidades do mercado que precisam ser atendidas para que possamos alcançar os nossos objetivos financeiros?

Esse é um processo que precisa ser bem direcionado. Aqui os profissionais têm de monitorar o mercado, analisar as dores do cliente, entender quais são as suas necessidades e, por meio disso, encontrar formas de atender o público com o máximo de eficiência. 

Por exemplo:

Para diminuir os 15% das despesas operacionais, a marca pode adotar soluções mais sustentáveis e reduzir o consumo de eletricidade e água. Pode também agendar suas visitas e reuniões, para assim economizar com o transporte e tempo;

Se o objetivo é alcançar a casa dos R$ 12 milhões, a empresa precisa vender mais em menos tempo. Logo, sugere-se que ela diversifique a sua linha de produtos, assegure preços mais competitivos ou até mesmo ofereça promoções para vender aquelas mercadorias que estiverem paradas em estoque;

Os vendedores precisam aumentar as vendas em 40%. Garantir um atendimento diferenciado, melhorar a comunicação direta com o consumidor e treinar toda a equipe comercial são estratégias interessantes e que podem ajudar na captação de clientes novos. 

3- Processos Internos


Assim que a empresa tiver esclarecido o valor do montante e quais as necessidades dos consumidores, está na hora de saber: Para que a direção e clientes fiquem realmente satisfeitos, quais são os processos internos que precisam ser aprimorados?

A organização precisa estar disposta a adotar métodos mais inovadores caso queira melhorar as suas atividades. É importante que os gestores incluam os seus profissionais em projetos e que os mesmos realizem investimentos para aprimorar ainda mais suas operações. Só assim os setores serão capazes de trabalhar em conjunto. 

Por exemplo: 

Estabeleça uma equipe responsável para apresentar projetos novos a cada trimestre. Esclareça que os encarregados devem ter visão para criar produtos e serviços inovadores, pensar em estratégias para fidelização e elaborar propostas que ajudem a alavancar a reputação da empresa. 

Estruture os setores para que as equipes consigam melhorar ainda mais os seus processos. Os profissionais responsáveis podem recorrer à tecnologia para ajudá-los no gerenciamento, otimizar as atividades e também para contribuir com a comunicação interna.

Adote um software inovador para controlar a gestão da qualidade dos seus processos e que assegura a confiabilidade das informações. Uma solução que oferece a alternativa de supervisionar os dados, gerenciar a permissão de acessos, que facilita a busca de documentos e muito mais. 

4-Aprendizado

 
Após concluídas as três etapas acima, está na hora de refletir: Para que consigamos atingir as metas, como a nossa empresa deve se comportar para aprender e implementar as inovações propostas?

Diferente das perspectivas anteriores, esse é um processo focado exclusivamente no crescimento interno da empresa. Aqui os gestores não estão preocupados em ter retorno de curto prazo, mas sim em agregar o máximo de valor à marca. 

E de que forma eles podem fazer isso? Investindo no conhecimento dos profissionais.  

Por exemplo: 

Proporcione a oportunidade dos colaboradores se especializarem em áreas específicas da empresa como administrativo, marketing ou tecnologia da informação, por exemplo. Crie um planejamento estratégico para ajudar a qualificar o máximo de profissionais a cada ano. 

Disponibilize bolsas de estudo para que os funcionários se sintam motivados a concluir cursos profissionalizantes ou de idioma. Isso não só vai agrega valor ao currículo deles como irá capacitar ainda mais o seu time.

Ofereça treinamentos periódicos para que os profissionais da empresa consigam se manter sempre atualizados. Assim eles podem tirar o máximo proveito dos equipamentos e desempenhar suas atividades com mais empenho, segurança e agilidade.  
 
As perspectivas do BSC são utilizadas para definir indicadores e para que as empresas consigam mensurar se os objetivos estão sendo mesmo alcançados. Ao compreender as variáveis acima, fica mais fácil dos gestores formularem estratégias mais assertivas para resultados melhores.
 
Embora outros métodos estratégicos também estejam em alta no mercado, como por exemplo o Business Model Canvas, o Balanced Scorecard ainda é o método que mais vem sendo utilizado.  
 
Gostou do tema? Quer ter acesso a outros conteúdos e ficar por dentro de todas as novidades sobre gestão e tecnologia? Então clique e continue lendo o nosso blog!



03 de Junho de 2019

Tags:

indicadores gestao da qualidade iso 9001